PUBLICIDADE
IPCA
0,25 Fev.2020
Topo

Histórico

Categorias

Apps “baratinhos” de celular que fazem um rombo no orçamento e você não vê

Júlia Mendonça

03/02/2020 04h48

00Internet e cartão de crédito são uma combinação perfeita. Com um clique você compra livros, roupas, utensílios para a casa e, principalmente, enche a fatura do cartão com serviços de assinatura.

Todos os dias nasce uma nova empresa com esse modelo de serviços: pague mensalmente para receber nossas facilidades ou um produto em casa. Tem assinatura de tudo! Desde aplicativos com filtros para Instagram, produtos para cuidados com animais de estimação, notícias, séries e caixas recheadas com produtos temáticos.

Veja também:

Obrigar-se a fazer uma dívida para poupar dinheiro faz sentido?

Compre um imóvel por menos de R$ 100! Fundos imobiliários estão na moda 

Eu pago todas as contas da casa! Está certo isso?

Débito ou crédito: que cartão é melhor para você não afundar em dívidas?

Muitos serviços

Estes serviços atraem muito pelo baixo valor inicial e parece que não farão diferença no final do mês, mas quando somados com outros gastos podem fazer um rombo no seu orçamento.

A grande vantagem para as empresas que oferecem assinatura é que a maioria dos usuários se inscreve, usa uma ou duas vezes o produto e esquece de cancelar o serviço. Logo, quando você menos percebe, sua fatura está lotada de gastos desnecessários.

Por isso é muito importante que todos os meses você reveja sua fatura e entenda de onde estão vindo seus gastos. Um exercício que ajuda muito neste momento é perguntar a si mesmo se o gasto realizado no passado é necessário mesmo e, se de fato for, se existe algum modo de diminuir essa conta.

Facilidades nada fáceis

Muito cuidado com os serviços que vendem falsas facilidades como os "boxes", que são caixas cheias de produtos temáticos como canecas, canetas, pelúcias de filmes ou de personagens de videogame. O preço desses produtos é bastante inferior ao cobrado no serviço de assinatura e a qualidade deles muitas vezes deixa a desejar.

Sempre que decidir por realizar uma assinatura faça o cálculo de quanto este serviço custará ao longo do ano. Um pagamento de R$ 10 mensais por um aplicativo pode parecer bastante barato, mas ao longo do ano você pagará R$ 120 por este acesso.

Como cancelar

Uma maneira bastante fácil de conferir e suspender os serviços de assinatura é através do seu celular. Em celulares Android e Iphone você consegue analisar e cancelar assinaturas dentro da própria Play Store e App store. Com poucos cliques você diminui seus gastos rapidamente.

Se você não usa o serviço há mais de 3 meses não existe razão nenhuma para continuar com ele. Desapegue! Não tenha medo! Sua fatura e seu bolso serão muito mais felizes sem aquele aplicativo para tirar suas olheiras da selfie.

Descomplique: Como não deixar o dinheiro acabar com seu relacionamento

UOL Notícias

Sobre a autora

Júlia Mendonça é formada em comércio exterior pela Universidade Positivo. Atuou como planejadora financeira entre 2015 e 2018. Especialista em orientação e planejamento financeiro pessoal, é coach e consultora de finanças, pós-graduada em investimentos, finanças e banking. É influenciadora digital no nicho de finanças e investimentos em um dos maiores canais do assunto na área do Brasil.

Sobre o Blog

Dinheiro, finanças e investimentos de um jeito fácil e muito prático. O Descomplique vai fazer com que sobre grana no teu mês (e não o contrário!). Com linguagem simples e sem esconder as armadilhas do dia a dia que te deixam no vermelho, aqui você vai aprender a cuidar melhor do teu dinheiro e fazer com que ele trabalhe para você.

Descomplique