IPCA
0.13 Mai.2019
Topo
Descomplique

Descomplique

Categorias

Histórico

Como poupar sem passar vontade

Júlia Mendonça

2021-05-20T19:04:00

21/05/2019 04h00

Quando você tenta guardar dinheiro sem planejamento, a história é sempre a mesma: corta um cafezinho daqui, um cineminha de lá e vive a vida passando vontade. Depois de um mês, percebe desanimado que deixou de fazer um monte de coisas e ainda ficou no vermelho. Aí você se pergunta: "Como os investidores conseguem guardar dinheiro todo mês?" É muito mais fácil do que parece.

O segredo para poupar é viver num degrau abaixo do seu salário. Muita gente ganha R$ 5.000 por mês, mas gasta como se ganhasse R$ 7.000. O ideal seria viver como se o salário fosse de R$ 4.000.

Veja também:

Pare de perder dinheiro com título de capitalização
Devedor pode perder a CNH? Conheça 6 direitos dos endividados
Conhece a única função da poupança? Mitos e verdades da caderneta
É possível ficar rico ganhando pouco?

O grande problema é que você deve parar de focar nos gastos errados na hora de cortar as despesas. Se o cinema é um lazer para você, não adianta cortá-lo. Ninguém gosta de passar vontade. Você deve se concentrar nos gastos maiores que não fazem tanta diferença na sua vida.

Vamos usar a conta de luz como exemplo. Você não viverá triste se desligar as luzes sempre que sair de um cômodo ou trocar as lâmpadas por modelos mais econômicos.

O mesmo vale para a TV por assinatura. Será que vale a pena pagar uma fortuna por 300 canais quando você assiste a apenas dez? Não sairia mais em conta assinar um serviço de streaming?

Você pode repensar desde aquele sabão em pó mais caro que usa para limpar a calçada até a gasolina que gasta para chegar ao trabalho, quando poderia usar a bicicleta de vez em quando. Se você se esforçar para pensar e adquirir esses hábitos em um mês, pode levá-los para o resto da sua vida. São economias que se multiplicam e têm pouco impacto no nosso dia a dia.

Muitas vezes, porém, diminuir estas despesas não é o suficiente. Neste caso, você deve ficar de olho naqueles gastos que te dão prazer, mas podem replanejados. Exemplo: sempre gostei de fazer as unhas fora de casa, mas descobri um método para conservá-las bonitas por mais tempo pagando apenas um pouco a mais.

Assim, passei a frequentar menos o salão e economizei no quesito manicure. E é aquilo quando a gente vai ao salão: acaba fazendo mais coisas do que planejava inicialmente. Então, a economia que eu faço acaba sendo maior ainda.

Na minha vida, tenho algumas prioridades e não gosto de economizar nelas, como, por exemplo, na academia. Não me importo tanto de pagar um pouco mais caro por isso, é algo que me faz bem e faz diferença na minha vida.

Se você está devendo bastante, precisará fazer sacrifícios mais duros, mas saiba que é uma fase passageira. Neste caso, sim, talvez você tenha de deixar de lado algumas coisas que gosta de fazer.

O segredo nesse caso é criar metas. Por exemplo: pagar todas as dívidas em um ano. Desta forma você enxerga onde quer chegar, e todos os sacrifícios ficam muito mais fáceis de serem incorporados na sua vida.

Sempre pense em como será a sua rotina sem a pressão dos credores, sem o gerente te ligando a toda hora. Esses exercícios podem parecer bobos e sem sentido, eu mesmo não gosto muito deles, mas usei muito enquanto estava endividada e fizeram toda e diferença.

Por último: viver um degrau abaixo do seu salário não significa que você deve viver miseravelmente, passando vontade. Tudo é questão de escolha e matemática, se você decidir gastar mais de um lado, vai faltar no outro.

Veja 5 erros com dinheiro que te impedem de ficar rico

UOL Notícias

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

Júlia Mendonça é formada em comércio exterior pela Universidade Positivo. Atuou como planejadora financeira entre 2015 e 2018. Especialista em orientação e planejamento financeiro pessoal, é coach e consultora de finanças, pós-graduada em investimentos, finanças e banking. É influenciadora digital no nicho de finanças e investimentos em um dos maiores canais do assunto na área do Brasil.

Sobre o Blog

Dinheiro, finanças e investimentos de um jeito fácil e muito prático. O Descomplique vai fazer com que sobre grana no teu mês (e não o contrário!). Com linguagem simples e sem esconder as armadilhas do dia a dia que te deixam no vermelho, aqui você vai aprender a cuidar melhor do teu dinheiro e fazer com que ele trabalhe para você.