Topo
Descomplique

Descomplique

Categorias

Histórico

5 coisas que você nunca deve fazer com seu salário

Júlia Mendonça

2019-06-20T19:04:00

19/06/2019 04h00

Existe uma regra de ouro nas finanças que diz: "Não importa o quanto você ganha, mas como você gasta". Cometemos alguns erros muito básicos, mas fáceis de serem arrumados, com nosso salário. Se você seguir as dicas deste post, vai sair das dívidas e investir muito mais. E o melhor: ganhando a mesma coisa.

1) Não abuse no início

O dia mais esperado e feliz do mês é o dia do pagamento. Você, que estava no vermelho desde o dia 12, agora consegue respirar fundo e ter esperanças para o futuro. Mas aí você se empolga e acha que ganha um salário maior que o real, o que o leva a gastar como se não houvesse amanhã com baladas, churrascos e passeios no shopping.

Uma semana mais tarde, você já está no aperto e novamente ansioso pelo próximo salário, que será gasto com o mesmo descaso. A maioria das pessoas vive neste círculo vicioso. Para que isto nunca mais aconteça, coloque na sua cabeça que os gastos exagerados no início do mês fazem uma falta enorme lá na frente quando você precisa pagar seu almoço ou transporte.

Se para você é muito difícil se controlar, indico que saque seu salário e coloque dentro de envelopes com nomes como transporte, comida e lazer. Assim você organiza seus gastos e evita passar do ponto.

2) Não se esqueça de suas prioridades

Sabe aquela visita ao dentista que você está adiando desde que tinha dente de leite ou aquela dívida com um amigo que ignora desde a Copa de 2014? Esses problemas não irão sumir de sua vida só porque você os evita.

Você deve parar de arranjar desculpas e focar nas suas prioridades. O salário caiu? Separe a grana que deve para seu amigo e cuide da sua saúde bucal. Garanto que você irá se sentir muito mais aliviado e com a certeza de que aplicou bem o seu dinheiro.

3) Não comprometa todo seu dinheiro com contas

Com parcelas daqui e boletos de lá, quase não sobra dinheiro para seus gastos do dia a dia. Se você compromete 25% do salário com o financiamento da casa, 15% com o financiamento do carro e mais 10% com aquele consignado, sobram apenas 50% para pagar todas as suas demais despesas.

A não ser que ganhe muito bem, você fica para lá de apertado! Qualquer imprevisto que acontecer, é cheque especial na certa. Pense muito bem antes de adquirir uma nova prestação. A dica é evitar ao máximo que qualquer parcela comprometa mais de 20% dos seus ganhos.

4) Não deixe o cheque especial detonar seus ganhos

Isso acontecia bastante comigo. Quando meu salário entrava na conta, servia apenas para cobrir o rombo do cheque especial. Eu dependia dele para pagar minhas contas e fechar o mês. O problema era que a cada mês a situação só piorava por causa dos juros. Se no primeiro mês terminava com R$ 1.000 negativos, no próximo a soma saltava para R$ 1.100.

Nesse ritmo, uma dívida triplicava em um ano, resultando em um saldo devedor de R$ 3.000. Se você está enrolado com o cheque especial, faça um planejamento financeiro agora mesmo e corra até o banco para renegociar sua dívida.

5) Não se esqueça do seu futuro

O seu salário tem um dever bem grande a cumprir: pagar todas as contas do mês, proporcionar lazer e garantir o futuro. Para assegurar uma aposentadoria mais tranquila, você precisa antes de tudo criar uma reserva de emergência, que é a grana que o socorre quando algum imprevisto acontece.

Uma vez que ela é feita, dê início aos seus investimentos. Invista pensando na aposentadoria, na viagem dos sonhos e na casa própria, pois estes são objetivos que sempre nos animam. O ideal é que pelo menos 20% do seu salário se dedique às aplicações.

Sei que no começo é muito difícil separar esta grana, portanto comece guardando 2%, depois 5% e assim por diante. Conforme você for melhorando seu planejamento financeiro ou até mesmo garantindo uma renda extra, verá que tudo fica mais simples e fácil.

E aí, como você cuida do seu salário?

Veja também:

Não empreste dinheiro para o melhor amigo, o cunhado e nem mesmo a sua mãe
10 formas de fazer renda extra sem precisar gastar nada
Os 5 conselhos populares que te deixam mais pobre
Como guardar R$ 6.890 em um ano começando com R$ 5

Dicas de como planejar o seu salário – Descomplique #1

UOL Notícias

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

Júlia Mendonça é formada em comércio exterior pela Universidade Positivo. Atuou como planejadora financeira entre 2015 e 2018. Especialista em orientação e planejamento financeiro pessoal, é coach e consultora de finanças, pós-graduada em investimentos, finanças e banking. É influenciadora digital no nicho de finanças e investimentos em um dos maiores canais do assunto na área do Brasil.

Sobre o Blog

Dinheiro, finanças e investimentos de um jeito fácil e muito prático. O Descomplique vai fazer com que sobre grana no teu mês (e não o contrário!). Com linguagem simples e sem esconder as armadilhas do dia a dia que te deixam no vermelho, aqui você vai aprender a cuidar melhor do teu dinheiro e fazer com que ele trabalhe para você.