IPCA
-0.04 Set.2019
Topo
Descomplique

Descomplique

Categorias

Histórico

Apartamento na planta, roupas, omelete: 5 coisas que não compro mais

Júlia Mendonça

10/10/2019 04h00

Há coisas na vida que valem a pena cada real gasto, como uma viagem dos sonhos ou fazer a tão esperada reforma da casa.

Porém existem outras que são uma verdadeira armadilha para o seu dinheiro, que fazem você pagar caro por coisas que não são tão especiais assim. Apresento as cinco coisas que eu não compro mais e cujo consumo você deveria repensar em sua vida.

Comidas simples em locais caros

Um dos maiores exemplos que me deixa irritada e traduz a simplicidade da comida cara é a omelete. Não entra na minha cabeça como dois ovos, meio tomate picado e uma fatia de queijo podem custar mais de R$ 20. Claro que entendo que tem o custo de mão de obra e outros insumos, mas que essa comida é altamente inflacionada, isso não podemos negar.

Às vezes não tem jeito mesmo, e aquela é a única opção. Porém, toda vez que tiver a possibilidade de escolher, reflita se é algo muito fácil de fazer e está sendo superestimado, ou se realmente vale o preço.

Roupas novas sem uma função ou sem necessidade

Eu não sou uma pessoa que curte muito comprar roupa. Na verdade, tenho uma grande preguiça apenas de pensar em ir às compras. Só vou quando o negócio está realmente ficando feio, e todos já me viram com os mesmos modelinhos de sempre.

Para evitar ter que passar por essa peregrinação atrás de roupas toda vez que tenho um evento para ir, compro peças coringas e básicas e invisto em acessórios. Esse conselho serve tanto para mulheres quanto homens. Um chapéu, um cinto, anéis e pulseiras diferentes, e você mudou todo o seu look.

Muito mais barato do que ter que comprar uma roupa inteira nova toda vez que precisar sair de casa.

Presentes próximos à data

Você já deve estar cansado de ouvir que fica mais caro comprar ovos de chocolate às vésperas da Páscoa e que no Natal os eletroeletrônicos costumam aumentar muito seu valor, certo?! Então por que ainda fazemos as mesmas coisas ano após ano?

Costumamos esquecer que essas datas acontecem todos os anos, e quando nos damos conta já é tarde demais para qualquer planejamento. Aí não tem jeito, porque, além dos preços altos, as filas também são bem grandes nesses períodos festivos.

O que eu faço é comprar os presentes com certa antecedência. No inverno já faço as compras de verão e, na Black Friday, são os presentes que sei que terei que dar durante o ano. E assim por diante.

Utensílios com uma única função

Você com certeza já ficou hipnotizado por aqueles produtos vendidos pela TV como as lâminas que cortam legumes super-rápido, os óculos para dirigir à noite ou um utensílio para cozinhar ovo. Eles chamam muito a atenção, mas dificilmente serão utilizados de forma efetiva no dia a dia e vão terminar o mês no fundo de uma gaveta.

Passo longe das propagandas desses produtos. Elas são extremamente agressivas e convencem qualquer um a comprar o que não é preciso.

Apartamento na planta

Um dos grandes responsáveis por detonar a minha vida financeira foi a compra de um apartamento na planta. Além de todas as enormes despesas que acompanharam essa decisão, sofri muito com o atraso na entrega e o aumento no preço do financiamento decorrente desse atraso.

Além dessas dores de cabeça, os preços dos apartamentos na planta estão cada vez mais próximos aos dos imóveis usados. Isso diminui bastante a principal vantagem do negócio: esses imóveis custavam mais baratos por não estarem prontos ainda.

E aí, existe alguma outra coisa que você não compra mais?

Veja também:

5 maneiras de ganhar dinheiro com a internet

O que muda na sua vida com a Taxa Selic baixa?

Dicas para acabar com desperdício e economizar no gás de cozinha

4 formas de conseguir dinheiro rapidamente 

Descomplique: História da chefona do Magazine Luiza te ajuda a enriquecer

UOL Notícias

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

Júlia Mendonça é formada em comércio exterior pela Universidade Positivo. Atuou como planejadora financeira entre 2015 e 2018. Especialista em orientação e planejamento financeiro pessoal, é coach e consultora de finanças, pós-graduada em investimentos, finanças e banking. É influenciadora digital no nicho de finanças e investimentos em um dos maiores canais do assunto na área do Brasil.

Sobre o Blog

Dinheiro, finanças e investimentos de um jeito fácil e muito prático. O Descomplique vai fazer com que sobre grana no teu mês (e não o contrário!). Com linguagem simples e sem esconder as armadilhas do dia a dia que te deixam no vermelho, aqui você vai aprender a cuidar melhor do teu dinheiro e fazer com que ele trabalhe para você.