IPCA
0,1 Out.2019
Topo
Descomplique

Descomplique

Categorias

Histórico

Conheça os investimentos mais seguros do Brasil

Júlia Mendonça

15/10/2019 04h00

Uma das maiores dificuldades na hora de fazer o primeiro investimento é a de confiar sua grana para uma instituição que você não conhece. É bastante compreensível esse receio no início da vida do investidor, afinal você trabalhou muito para conquistar esse dinheiro.

Para ajudá-lo a superar esse medo, aumentar sua confiança e começar a fazer sua grana trabalhar por você, separei os investimentos mais seguros do Brasil. Bora descomplicar!

Veja também:

4 dicas para reconhecer um golpe financeiro e fugir dele 

Apartamento na planta, roupas, omelete: 5 coisas que não compro mais 

5 maneiras de ganhar dinheiro com a internet

O que muda na sua vida com a Taxa Selic baixa? 

Poupança

A poupança é tida como sinônimo de investimento seguro, porém ela está longe de ser rentável e não é o ativo mais seguro do Brasil. Uma das grandes vantagens da poupança é a possibilidade de sacar seu dinheiro a qualquer momento, o que não é comum em outros investimentos.

As vantagens param por aí. O rendimento da poupança só é consolidado na data de aniversário mensal do depósito, ou seja, se você precisar do seu dinheiro antes desse dia não receberá a rentabilidade do mês. Além disso ela rende 70% da taxa Selic, a taxa básica de juros do Brasil, acrescida da Taxa Referencial (TR), o que faz dela um dos piores investimentos hoje.

Toda a segurança da poupança se apoia no banco em que seu dinheiro está depositado e no Fundo Garantidor de Crédito. Isso significa que, se o banco falir, inicialmente você perderia o dinheiro que investiu, porém foi criada uma instituição privada chamada Fundo Garantidor de Crédito (FGC) que garante o ressarcimento de valores até R$ 250 mil por CPF, por instituição financeira, no limite de R$ 1 milhão somando todas as instituições. Saiba mais sobre como investir em poupança.

CDBs, LCs , LCIs e LCAs

Os investimentos de renda fixa como os CDBs, LCs (letras de câmbio), LCIs e LCAs normalmente rendem mais que a poupança, porém podem ter a desvantagem de não permitir ter o acesso ao dinheiro imediatamente como a poupança.

Toda a segurança desses investimentos depende de duas instituições: a que emitiu o investimento e o FGC. Funciona exatamente da mesma forma que a poupança. Caso a instituição financeira vá à falência, o FGC garante o ressarcimento de R$ 250 mil por CPF por instituição financeira.

Caso decida investir em um desses ativos, vale a pena estudar para conhecer como é calculado seu rendimento, como funciona a liquidez deles e ao que você precisa estar atento na hora de escolher uma aplicação.

Tesouro Direto

Com a segurança garantida pelo governo federal, o Tesouro Direto pode ser considerado o investimento mais seguro do Brasil hoje. Ele não conta com a segurança do FGC, porém é bastante improvável que o governo decida não cumprir com o pagamento dos investidores que decidiram colocar dinheiro nos títulos federais.

O tamanho da dívida do governo com o Tesouro Direto em relação às suas outras obrigações é bastante baixo. Além disso, caso os títulos federais sofram calote, todas as outras instituições financeiras também deverão ter dificuldade em cumprir suas obrigações devido às consequências econômicas da ação do governo.

Existem três tipos principais de títulos no Tesouro Direto, cada um com características e rendimentos diferentes. Vale a pena estudar cada um deles para decidir qual é o melhor para você. Veja mais detalhes de como investir no Tesouro Direto.

Como vimos, são diversas as opções para quem quer ganhar mais dinheiro nos investimentos e manter a tranquilidade. Tudo de que você precisa é procurar a aplicação que mais se adequa aos seus objetivos e momento de vida.

Descomplique: Veja dicas para renegociar suas dívidas e sair do vermelho

UOL Notícias

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

Júlia Mendonça é formada em comércio exterior pela Universidade Positivo. Atuou como planejadora financeira entre 2015 e 2018. Especialista em orientação e planejamento financeiro pessoal, é coach e consultora de finanças, pós-graduada em investimentos, finanças e banking. É influenciadora digital no nicho de finanças e investimentos em um dos maiores canais do assunto na área do Brasil.

Sobre o Blog

Dinheiro, finanças e investimentos de um jeito fácil e muito prático. O Descomplique vai fazer com que sobre grana no teu mês (e não o contrário!). Com linguagem simples e sem esconder as armadilhas do dia a dia que te deixam no vermelho, aqui você vai aprender a cuidar melhor do teu dinheiro e fazer com que ele trabalhe para você.

Blog Descomplique