PUBLICIDADE
IPCA
0,21 Jan.2020
Topo

Histórico

Categorias

Compre um imóvel por menos de R$ 100! Fundos imobiliários estão na moda

Júlia Mendonça

29/01/2020 04h00

Investir em imóveis sempre esteve no coração dos brasileiros. Sempre que sobra o dinheiro, buscamos um terreno para comprar, um apartamento para ganhar com o aluguel. Os grandes problemas desse tipo de investimento são seu valor e sua baixa liquidez.

Um novo tipo de aplicação veio resolver esse problema e está se tornando cada vez mais popular entre os investidores: são os fundos de investimento imobiliário, os FIIs.

Veja também:

Conheça todos os jeitos de ganhar dinheiro com ações

Não faça estes 3 investimentos em 2020

Quer começar a investir em 2020? Veja bons investimentos para iniciantes

Passei dos 40 anos! Será que é muito tarde para começar a poupar?

O que são esses fundos?

Usando os FIIs, você investe em imóveis por meio da Bolsa de Valores sem precisar ter muito dinheiro para isso. Para entender como esse investimento funciona, imagine que você quer comprar um imóvel grande, bastante luxuoso e cheio de facilidades. A ideia é colocar esse imóvel para alugar para boas empresas e assim receber um valor mensalmente.

O problema é que você não tem dinheiro suficiente para comprar esse prédio. Para resolver isso, chama outras pessoas para dividirem os custos de aquisição e manutenção do imóvel com você.

Todo o dinheiro que vocês receberem com o aluguel desse imóvel será dividido entre os sócios. Os fundos imobiliários funcionam exatamente dessa forma. Quando você compra uma cota de um FII, está comprando pedacinhos dos melhores imóveis do Brasil e vai recebendo aluguel todos os meses, sem imposto, na conta da sua corretora, de maneira proporcional à quantidade de cotas que você tem.

Diversos tipos de FII

Existem FIIs especializados em diversos setores: shoppings, universidades, hospitais, lajes corporativas, galpões logísticos e até cemitérios. É bem provável que você já tenha frequentado um imóvel que pertença a um FII, mesmo sem saber.

Os custos para investir em um fundo também os torna bastante convidativos. Algumas cotas custam menos de R$ 100 e várias corretoras de valores não cobram corretagem para esse tipo de investimento.

Na hora de fazer o seu investimento, é importante que você analise os imóveis do fundo. Onde eles estão localizados, qual é a ocupação do imóvel, quando vencem os contratos de locação. Essas informações são distribuídas publicamente em relatórios gerenciais dos fundos imobiliários.

Como ter mais informações

Para encontrar esses relatórios, basta você fazer uma pesquisa no Google com o nome do fundo acrescido de "relatório gerencial". Por exemplo: "KNRI11 relatório gerencial" (KNRI11 é o código na Bolsa de um fundo imobiliário).

A grande vantagem dos FII está na rentabilidade e na liquidez deles. Os rendimentos que você recebe dos aluguéis dos imóveis são mensais e eles entram automaticamente na conta da sua corretora.

Se você deseja vender a cota do seu FII, basta fazer a oferta no Home Broker da sua corretora que em poucos minutos ela é executada, bem diferente de um imóvel físico, em que não é incomum que se demore anos para que você consiga encontrar um comprador.

É importante você saber que os FIIs são investimentos de renda variável, ou seja, é possível perder dinheiro se investir neles de forma incorreta. Por isso, estude bastante sobre o assunto antes de fazer um investimento nesses ativos.

Descomplique: Compensa comprar um carro ou usar aplicativos como Uber?

UOL Notícias

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

Júlia Mendonça é formada em comércio exterior pela Universidade Positivo. Atuou como planejadora financeira entre 2015 e 2018. Especialista em orientação e planejamento financeiro pessoal, é coach e consultora de finanças, pós-graduada em investimentos, finanças e banking. É influenciadora digital no nicho de finanças e investimentos em um dos maiores canais do assunto na área do Brasil.

Sobre o Blog

Dinheiro, finanças e investimentos de um jeito fácil e muito prático. O Descomplique vai fazer com que sobre grana no teu mês (e não o contrário!). Com linguagem simples e sem esconder as armadilhas do dia a dia que te deixam no vermelho, aqui você vai aprender a cuidar melhor do teu dinheiro e fazer com que ele trabalhe para você.

Blog Descomplique