IPCA
0.19 Jul.2019
Topo
Descomplique

Descomplique

Categorias

Histórico

Vai sacar dinheiro do FGTS? 4 investimentos práticos e baratos para você

Júlia Mendonça

25/07/2019 04h00

O governo federal anunciou na quarta-feira (24/7/2019) a liberação de parte do saldo do FGTS dos trabalhadores. Apesar de ser um valor menor que o esperado inicialmente, no máximo R$ 500 por conta, esse dinheiro pode ser uma boa oportunidade para você começar a investir.

Eu selecionei quatro tipos de investimento que exigem baixo valor de entrada e são bastante adequados para quem nunca investiu. Caso tenha dívidas e esteja no cheque especial ou no rotativo do cartão, não recomendo que você invista. Use o saque do FGTS para se livrar desses débitos e ter uma nova vida financeira.

1.Tesouro Selic

Com pouco mais de R$ 100, você consegue investir no Tesouro Selic, que é um dos títulos mais populares e adequados para quem está começando nos investimentos. Para ter acesso a essa aplicação, é necessário abrir uma conta numa corretora de valores. Esse processo é muito fácil e totalmente online.

Existem várias vantagens para o investidor iniciante no Tesouro Selic: você não corre o risco de perder dinheiro, ele rende mais que a poupança e é muito fácil de entender. Esse é o título mais adequado para o curto prazo.

2.Tesouro IPCA

Para quem deseja investir para a aposentadoria e longo prazo, o Tesouro IPCA é excelente. Com pouco mais de R$ 35, você pode fazer sua primeira aplicação nesse título. A vantagem deste investimento é que seu dinheiro sempre vai render acima da inflação ao longo do tempo.

Além disso, existem vários vencimentos disponíveis para o Tesouro IPCA: desde 2024 até 2045. Isso significa que sua grana estará protegida da inflação até essa data. Uma grande desvantagem desse título é que, se você precisar retirar o valor investido antes do seu vencimento, pode perder dinheiro.

3.CDBs

Os Certificados de Depósito Bancário (CDBs) podem apresentar diversas características distintas, dependendo do banco que os emitiu. Normalmente a regra é a seguinte: você investe seu dinheiro, e ele vai render um percentual do CDI (CDI é a sigla para Certificados de Depósito Interbancário).

A vantagem dos CDBs é que a maioria deles tem um rendimento superior ao da poupança e do Tesouro Selic. A desvantagem é que são poucos que permitem resgatar o dinheiro antes da data de vencimento do título.

4.ETFs

Se o Tesouro Direto é a porta de entrada para os investimentos, os ETFs são a porta de entrada para a Bolsa de Valores. ETF é a sigla em inglês para Exchange Traded Funds, que são como um fundo de ações simplificadas comercializado na Bolsa de Valores.

A vantagem dos ETFs é que, com pouco dinheiro, é possível diversificar seus investimentos automaticamente. Por exemplo, no BOVA11, que é o ETF mais famoso do mercado, com pouco mais de R$ 100 você investe numa carteira de ações teórica com mais de 70 empresas. Isso diminui seu risco e facilita o trabalho de quem nunca investiu, pois não precisa montar uma carteira de ações.

A desvantagem dos ETFs é que você pode perder dinheiro facilmente, se não tiver experiência e consciência dos riscos desse tipo de investimento. Por isso, ele não é recomendado para investidores iniciantes e que não passaram pela renda fixa.

Veja também:

Tesouro Direto: conheça os títulos e monte uma carteira de investimentos
Bolsa tem batido recordes. Está na hora de entrar? Conheça os riscos
Seja sócio de um cemitério ou de um shopping por menos de R$ 100
Bancos digitais: economize até R$ 840 em um ano e ganhe praticidade 

Descomplique: Walt Disney ensina que é preciso investir no seu talento

UOL Notícias

Sobre a autora

Júlia Mendonça é formada em comércio exterior pela Universidade Positivo. Atuou como planejadora financeira entre 2015 e 2018. Especialista em orientação e planejamento financeiro pessoal, é coach e consultora de finanças, pós-graduada em investimentos, finanças e banking. É influenciadora digital no nicho de finanças e investimentos em um dos maiores canais do assunto na área do Brasil.

Sobre o Blog

Dinheiro, finanças e investimentos de um jeito fácil e muito prático. O Descomplique vai fazer com que sobre grana no teu mês (e não o contrário!). Com linguagem simples e sem esconder as armadilhas do dia a dia que te deixam no vermelho, aqui você vai aprender a cuidar melhor do teu dinheiro e fazer com que ele trabalhe para você.